Logotipo Construcompras, plataforma de gestão de compras de materiais para construção civil

Compra responsável: como ela impacta o seu negócio?

Confira a importância da compra responsável durante a gestão de obras e como ela impacta o seu negócio!
O que é Compra Responsável

Na hora de comprar os materiais da sua obra, você pensa em fazer uma compra responsável? Essa prática garante que o empreendimento não cause efeitos negativos na nossa sociedade e, principalmente, no meio ambiente.

Dessa forma, todo o processo de compra de materiais – desde a logística de entrega até os elementos que o produto é feito – é totalmente sustentável. Além de que os princípios éticos e sustentáveis conseguem ser aplicados em toda a cadeia de suprimentos para gerar um impacto positivo.

Mas, para conseguir realizar uma compra responsável durante a gestão de obras, é necessário que todos os membros da equipe mudem a sua forma de pensar e reavaliem suas prioridades.

Neste post você conhecerá um pouco mais sobre a relação que existe entre o setor de compras com a agenda ESG, além de mostrar a importância da compra responsável e os resultados que ela consegue trazer.

O valor do ESG para o setor de compras

O ESG é uma sigla inglesa para as palavras Environmental (Ambiental), Social (Social), e Governance (Governança). Aqui no Brasil, ela também é conhecida pela sigla ASG.

A função principal do ESG é promover critérios sustentáveis, ambientais e de governança no mundo corporativo, para assim indicar o nível de comprometimento que cada empresa possui com os seus pilares.

Para conseguir se comprometer com a agenda ESG, as empresas precisam implementar práticas sustentáveis em todos os seus setores.

A área de compras é uma das mais importantes, pois é a partir dela que entra toda a matéria-prima que será utilizada nos projetos. Sendo assim, ao manter as compras mais sustentáveis, é possível elevar o nível de comprometimento do negócio com a agenda ESG. Além de conseguir:

  • Produtos com mais qualidade para adicionar nas obras;
  • Fortalecer a marca e melhorar seu posicionamento no setor;
  • Fechar novos projetos com clientes que valorizam a questão sustentável;
  • Atrair novos investidores facilmente, já que muitos buscam projetos mais sustentáveis.

Mas, além disso, existem alguns fatores que fazem com que a compra sustentável se torne um tópico importante para a gestão de obras.

Qual a importância de uma compra responsável?

Atualmente, as empresas precisam conhecer o impacto ambiental que seus processos geram e procurar aplicar medidas que ajudem a diminuir os efeitos negativos que a sua operação pode causar na sociedade e no meio ambiente.

Com isso em mente, um dos primeiros setores onde é possível aplicar medidas sustentáveis e que consegue gerar um grande impacto positivo em todo o mercado é o setor de compras.

A partir dele, podemos aplicar novos critérios na negociação que só permitem que o negócio realize as compras de fornecedores que possuem um alto nível de comprometimento com os critérios da agenda ESG.

Ao fazer isso, os fornecedores precisarão trabalhar com práticas sociais e ambientais para conseguir fazer negócios no mercado. 

Essa pequena mudança em um único setor da empresa já consegue gerar um impacto ambiental mais positivo e fazer com que diversos negócios comecem a priorizar a questão sustentável.

Hoje, já conseguimos ver grandes companhias priorizando a compra responsável e buscando fazer negócios com fornecedores sustentáveis que conseguem aplicar na sua cadeia de distribuição práticas com impacto socioambiental positivo.

MELHORES PRATICAS NA GESTAO DE SUPRIMENTOS NA CONSTRUCAO CIVIL BANNERBANNER

Elementos-chave de uma estratégia de fornecimento responsável

Segundo o Gartner, existem 5 elementos principais que as empresas precisam definir no momento de desenvolver uma estratégia de fornecimento mais sustentável, seguindo assim os critérios da agenda ESG. São eles:

1. Escopo

O primeiro item a ser definido é o propósito de trabalhar com uma estratégia de fornecimento. Aqui, você deve estabelecer o seu objetivo principal, que será priorizado por todos.

Esse objetivo pode ser fortalecer a sua marca para conseguir novos investidores, diminuir as emissões de carbono ou até reduzir o uso de energia. Esses são alguns exemplos, mas aqui é importante que você reflita naquilo que seu negócio precisa focar mais.

2. Profundidade do projeto

Com um escopo definido, o próximo passo será definir o nível de profundidade que a companhia vai investir na estratégia. 

Aqui é preciso definir qual abordagem será utilizada para atingir o que foi proposto no escopo. Para isso, muitas empresas criam políticas ou aplicam auditorias para verificar o andamento das operações.

3. Foco do fornecimento

O terceiro passo é definir quais fornecedores serão incluídos na estratégia. Aqui, a pessoa que lidera o setor de compras precisa definir critérios para escolher esses fornecedores com base no escopo criado. 

Devido a isso, é interessante não priorizar os custos, mas sim o risco e impacto que cada um pode trazer para o ambiente e a sociedade.

4. Relevância da estratégia

Para ser possível realizar uma compra responsável, as organizações precisam tornar isso uma prioridade. Por isso, o quarto passo é sobre tornar a estratégia relevante, aplicando metas e objetivos de médio a longo prazo a serem alcançados pela organização. 

Sem essa etapa, toda a estratégia pode facilmente ser deixada de lado frente às demais metas da empresa.

5. Engajamento Externo

Para garantir o fornecimento sustentável, a organização pode alavancar positivamente o seu impacto em empresas parceiras. 

Assim, é possível desenvolver uma harmonia entre os parceiros para que eles utilizem a mesma política de compra responsável.

O ROI das compras sustentáveis

Você já viu que a compra responsável pode trazer diversos benefícios para as empresas. Mas, quais resultados a sua aplicação já conseguiu trazer para elas?

Segundo um estudo realizado pela Procurious e Ivalua, as empresas que aplicaram programas avançados de sustentabilidade no fornecimento conseguiram obter um retorno muito melhor se comparado aos seus parceiros.

Entre eles, cerca de 47% puderam otimizar a qualidade do serviço ou produto e 33% aumentaram as suas vendas no período. Também foi possível diminuir custos (39%), melhorar a percepção do mercado sobre a marca (58%) e reduzir os riscos da cadeia de suprimentos (47%).

Além disso, muitas empresas apontam que uma das melhores estratégias para o fornecimento sustentável é a disponibilização de plataformas colaborativas que ajudam na procura de novos fornecedores, como é o caso do construcompras.

Fazer uma compra responsável pode ajudar o seu negócio a alcançar diversos objetivos, mas é fundamental trabalhar ao lado de parceiros e fornecedores para facilitar o trabalho e garantir que nenhuma dor de cabeça futura aconteça.

Se você quer conhecer mais sobre a gestão de contratos para evitar futuros problemas, é só conferir este post do nosso blog!

Banner demo construcompras

Redação: Construmarket

Lorem ispum

Lorem ipsum dolor sit amet

Conteúdos relacionados

Inscreva-se em nosso blog gratuitamente e receba as novidades!

Construcompras ferramenta digital para compra de materiais de construção.

Comece já a economizar até 30% nas suas compras.