Logotipo Construcompras, plataforma de gestão de compras de materiais para construção civil

Habilidade nos relacionamentos

Neste artigo nós vamos te auxiliar a interpretar, viabilizar, negociar, sugerir e fazer com que o fluxo de informações e relacionamentos esteja sempre ativo.
Peças com imagens de relacionadas a pessoas e que estão ligadas em uma dessas peças no centro.

Cabe ao comprador interpretar, viabilizar, negociar, sugerir e fazer com que o fluxo de informações e relacionamentos esteja sempre ativo

“O que diferencia o trabalho do comprador da média e da grande empresa é que, nas grandes, os empreendimentos são mais planejados e elas têm relacionamentos organizacionais com departamentos específicos, explica Elaine Cristina Rocatto, responsável pela logística de suprimentos da Liria Engenharia e Soluções, construtora de médio porte que atua em gerenciamento de projetos, planejamento, gerenciamento, construção, retrofit e manutenção.   

Para Elaine a atuação do comprador em uma empresa de médio porte não difere muito, principalmente no quesito habilidade nos relacionamentos.

Para obter bons resultados o profissional deve ser responsável, desinibido, não temer desafios e sempre renovar seus conhecimentos.

Relacionamento das atividades

Em geral, nas empresas médias, o profissional compra o material que lhe é solicitado. “Há casos em que o comprador indica possibilidades e alternativas mais viáveis para a empresa reduzir o custo, com materiais similares aos especificados em projeto”, diz.

No entanto, o papel do comprador é garantir o suprimento da matéria-prima, seja de material ou de mão de obra. A participação do profissional neste processo se faz por meio do feedback das informações do desempenho da cadeia dos fornecedores.

“O comprador precisa se preocupar com os termos comerciais do negócio e deve manter sua atenção voltada para que a entrega dos insumos seja feita no tempo certo. Sua participação está ligada à garantia de ressuprimento, atendendo os critérios definidos internamente pela empresa”, explica.

Você tem o perfil do novo profissional de suprimentos? Baixe agora o nosso e-book e descubra!

Entrega

O relacionamento do setor de suprimentos com o de produção também é muito importante. E para Elaine, é essencial ter o engenheiro de obras à frente das decisões para contratação de serviços.

Ela lembra, no entanto, que a escolha dos fornecedores sempre levará em conta a garantia de entrega e capacidade de cumprir o que foi contratado.

“A indicação do engenheiro será avaliada com base nos pontos fortes destacados do fornecedor e desde que o mesmo esteja dentro dos padrões de classificação exigidos pelas normas da empresa”, assegura.

Ao avaliar as características do fornecedor o comprador deve levar em conta o comprometimento da empresa perante seus clientes – um dos fatores de maior peso para a tomada de decisões.

“No mercado da Construção Civil a indústria de materiais não é apenas um fornecedor, mas sim um parceiro de relacionamentos de longo prazo em função do custo que a empresa tem que manter”, defende.

Nesse contexto, a especialista comenta que é impossível dar segurança aos critérios de avaliação sem conhecer a logística de suprimentos.

“Compete ao comprador conhecer toda a cadeia, desde a extração da matéria-prima até a disponibilidade de venda e entrega do produto. A avaliação dos fornecedores deve ser feita com base em padrões de qualidade capazes de garantir insumos e serviços de alto padrão”, diz.

“Os nossos parceiros são classificados mediante os critérios de qualidade, tempo de produção (Lead-Time), percentuais de entrega (Fill Rates), performance de entrega no tempo certo (On-Time Delivery Performance), capacidade de resposta, suporte técnico, garantia e, por último, termos de pagamento”, explica.

Em compras mais técnicas o atendimento e a preocupação do fornecedor em garantir que seus serviços sejam concluídos com qualidade são levados em conta e têm maior peso de avaliação na tomada de decisão.

Orçamentos e relacionamentos

O setor faz a cotação das solicitações enviadas pelos engenheiros, tanto de materiais quanto de mão de obra. A diretoria da empresa participa das negociações de decisões estratégicas, visando o desenvolvimento de fornecedores para as parcerias de longo prazo, como na contratação de fundações, estruturas metálicas e serviços de marcenaria.

E nesse processo é importante que o comprador crie e mantenha um eficiente sistema de comunicação, pois ele é o elo entre os departamentos de planejamento, engenharia, finanças e fornecedores.

Cabe a este profissional interpretar, viabilizar, negociar, sugerir e fazer com que o fluxo de informações esteja sempre ativo, alimentando os procedimentos internos da empresa.


Redação AECweb / Construmarket


COLABOROU PARA ESTA MATÉRIA

Elaine Cristina Rocatto é Gerente Administrativa e Financeira da Liria Engenharia desde 2009. Responde tanto pelas Compras e Suprimentos da empresa quanto pelo setor financeiro. É formada em Logística pelo SENAC e cursa atualmente Ciências Contábeis.

Lorem ispum

Lorem ipsum dolor sit amet

Conteúdos relacionados

Inscreva-se em nosso blog gratuitamente e receba as novidades!

Construcompras ferramenta digital para compra de materiais de construção.

Comece já a economizar até 30% nas suas compras.